Blog

O orgulho de ser jotinha

Faço este mês 18 anos e também 4 anos de JSD. Sou “jotinha” desde os 14 anos e que orgulho tenho em sê-lo!

Entrei para a JSD quando, numa Volta Nacional ao Ensino Básico e Secundário, encontrei a carrinha á porta da minha escola… Aproximei-me e disse “Boa tarde, eu quero ser militante!”, ficou toda a gente a olhar para mim a questionar se eu teria ou não idade para ser militante (já que o meu metro e quarenta levantava essa duvida), no fim lá consegui provar que tinha mesmo 14 anos!

No início não era muito ativa… não ia às reuniões nem respondia às mensagens no grupo do Facebook! Até que um dia me desafiaram a ir a uma reunião e lá vou eu, super envergonhada e sem conhecer ninguém!

A partir dai foi sempre a somar. Comecei a ir às reuniões, a dar as minhas ideias e a ganhar o gosto pela política! Comecei a participar no parlamento dos jovens e a ganhar algum poder de argumentação (até que ano letivo já não era ano letivo sem parlamento dos jovens), fui ao meu primeiro congresso distrital onde tomei posse como vogal do gabinete de ensino básico e secundário, depois na concelhia também no gabinete de ensino básico e secundário…

E 2018 foi um dos melhores anos… foi o ano do meu primeiro Congresso Nacional, um fim de semana incrível com pessoas incríveis que são a minha segunda família! Foi o ano de fazer nascer o Núcleo Residencial da minha freguesia! E foi ano de uma das melhores experiências da minha vida: a Universidade de Verão, onde conheci pessoas inesquecíveis, desenvolvi muitas das famosas “soft skils”, que são cada vez mais importantes no mercado de trabalho, e trouxe uma bagagem e um conhecimento que só a Universidade de Verão nos dá!

Em 2019 tive o prazer de participar na campanha eleitoral para as eleições legislativas e Europeias e foi uma experiência muito enriquecedora que me permitiu conhecer todo o distrito e falar com pessoas que nos mostravam os seus reais problemas!

Este ano tenho o prazer de fazer parte do Gabinete de Ensino Básico e Secundário da JSD a nível nacional e trabalhar uma área tão fulcral na nossa sociedade junto de pessoas de todo o país!

Em suma, nos últimos 4 anos tive o prazer de participar em projetos fantásticos que em muito me enriqueceram e de conhecer pessoas maravilhosas que levo para a vida… pessoas que me ensinaram e ainda ensinam muito!

A JSD mostrou-me que posso fazer a diferença, que tenho uma voz e que é possível fazer política pela positiva e em prol da minha comunidade. Ensinou-me a fazer política pelo gosto e o “dever” de fazer algo pela minha cidade, o meu distrito e o meu país!

A JSD é prova disso, de quem faz política para servir e não para se servir da política, de jovens que não dependem da política!

E se, hoje em dia, fazer parte de uma juventude partidária é mais cadastro do que currículo, este cadastro vale muito a pena!