Blog

39 anos depois, Sá Carneiro Sempre

A minha (pequena) Homenagem ao Dr. Sá Carneiro :

Fez no último dia 4 de dezembro 39 anos que o Fundador e líder do PPD/PSD  morreu. Embora tenha pouco mais de do que 22 anos , sempre ouvi falar do Dr.Sá Carneiro como um Homem sério , um estadista , integro e respeitável. Quando ouvi falar do acidente de Camarate era muito novo para perceber a dimensão que teve, mas percebi de imediato que foi algo que tocou , sensibilizou e entristeceu Portugal.

O Dr.Sá Carneiro criou um partido com o tão falado “ índole reformista” que se tem ouvido falar nestas eleições diretas do PPD/PSD , e que mais de 40 anos depois do 25 de Abril Portugal precisa desse “ índole reformista”  como de pão para a boca.

O partido que se realizou e formou nos dias 23 e 24 de Novembro de 1974 com o seu primeiro congresso em Lisboa não é o mesmo ideologicamente falando do que temos hoje em dia , nem o poderia ser , mas as premissas basilares essas mantém . Se após Abril de  1974 não poderia existir centro direita pois não existia uma verdadeira democracia constitucional, bastou meia dúzia de anos para em 1979/1980 com a AD para o  Partido se firmar como verdadeira oposição ao socialismo. No programa eleitoral de 1980 destaca-se logo no seu “preâmbulo”  que “ Portugal e os portugueses levantaram a sua voz contra a ambiguidade , contra a burocracia  socialista, pela mudança libertadora”.

Um líder que estava tão á frente do seu tempo que foi o primeiro a defender e lutar por  causas que hoje tanto se falam como a proteção do ambiente (“ O governo da AD fez aprovar a criação de numerosas reservas naturais , mantendo uma constante preocupação na luta contra os elementos poluentes que degradam o ambiente “ escrito em  “Programa eleitoral de 1980”) , a descentralização com o reforço do poder local , a liberdade de expressão pelos meios de comunicação social abrindo a oportunidade aos privados e liberalizando esse meio, como outras tantas causas e que extraordinariamente algumas ainda atuais.

Um acidente que levou não só um líder politico , um primeiro ministro , um pensador mas àquela altura uma esperança nacional , depois do regime do Estado Novo e com todos os precedentes pós-revolucionários que levaram ao PREC e a primeira intervenção financeira em 1978 o Dr. SÁ Carneiro foi o primeiro a mostrar as luzes da democracia a Portugal e para mim o verdadeiro pai da democracia enquanto um pais totalmente livre e sem amarras ideológicas.

Foi á juventude deste partido que aderi pelas bandeiras do mesmo e que acredito piamente ser o melhor para o meu pais! No entanto 39 anos depois , 2 intervenções financeiras depois este continua a ser quase  o mesmo pais que Sá Carneiro era primeiro ministro. Ainda se fala da democracia como sendo jovem , o que não acho ( passaram 46 anos e 21 governos constitucionais ) , ainda se fala da privatização ou não de serviços/banca , conversa que deveria ter ficado arrumada nos anos 80 a 90, em questões de descentralização fez se pouco ou nada , os serviços públicos estão num nível precário que quase parece não ter evoluído, claro que com altos e baixos em algumas destas matérias .

 

Ou seja ou começamos a trabalhar para ser um pais evoluído ou nunca vamos passar de um pais na cauda da Europa, não só geograficamente mas também económica e mais importante ainda socialmente, ficaremos sempre neste limbo entre pais desenvolvido e país de terceiro mundo em desenvolvimento.

Passando para os dias de hoje, e o que internamente ( do PPD/PSD ) importa , não é ser mais Sá Carnista ( utilizando o termo empregue por alguma comunicação social em relação as diretas do partido ) o que é importante  ,mas sim utilizar as bandeiras do partido para dar o rumo que o pais necessita, olhando para dentro e para fora do partido e agregar não  só o partido mas também o pais em volta do partido ( ideal transmitido no programa eleitora de 1976), fazer as reformas necessária para o pais olhar para a frente e não para trás como temos feitos em todos os anos de democracia.

Sá Carneiro é, foi e será sempre uma referência da social-democracia portuguesa e do estado de direito democrático em Portugal , o partido tem de se inovar mas nunca esquecer os seus ideais adequando os mesmo aos dias de hoje e só assim Portugal vai voltar a acreditar no Partido , nos seu militante e jovens para colocar o pais ao nível que já deveria estar a muito não fosse muitos colocarem as suas vontades e interesses pessoais a frente de toda a nação!

Sá Carneiro sempre PPD/PSD sempre !!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *