Blog

PROTEÇÃO CIVIL: A SOLUÇÃO? OU A COMPLICAÇÃO?

 

Olhando para esta representação diagramática do conjunto de entidades e estruturas, e respetivas ligações, todos nós ficamos a perceber a complexidade do sistema nacional de proteção civil. No fundo é mais fácil criar entidades do que extinguir ou fundir as já existentes proporcionando melhorias em todo o sistema.

Como interveniente no sistema de proteção civil, acredito que esta situação o preocupe, ou não?

Na realidade há quem pense que não é nada connosco, mas é a nossa segurança, a proteção de pessoas e bens que aqui estamos a falar… é a sua proteção!

Provavelmente estará a pensar que a nova lei orgânica da Proteção Civil virá trazer mudanças duradouras e que facilitaram em muito a sua defesa e a proteção dos seus bens… e se essa reformulação só se vier a confirmar no período crítico? Na altura onde deveria estar tudo absolutamente consolidado e preparado para enfrentar qualquer risco? Bem, neste caso o panorama é bem diferente… já para não falar que ao invés de fundir entidades, continuamos a insistir na criação de sub-entidades, de sub-comandos… quase que podemos falar em sub-socorro, no caso de não existirem condições de socorro imediato!

Esperemos que o ano de 2019 seja um ano tranquilo, porque nada garante que o que parece ser a solução, não se transforme em mais uma complicação como a vivida em 2017… 2017 ficará gravado na memória de todos como um ano trágico, mas é necessário agir ao invés de reagir, conhecemos bem os problemas e as necessidades do sistema pelo que é necessário e urgente colocar mãos à obra e prevenir, mitigar… eliminar as tarefas redundantes no sistema e torna-lo o mais eficiente possível, afinal é a sua proteção que está em causa…

Todos queremos ver esta complicação resolvida, todos queremos a solução… pois SOMOS TODOS PROTEÇÃO CIVIL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *