Notícias

DISTRITAL COM MAIS MOÇÕES AO CONGRESSO NACIONAL

Screen Shot 2018-04-09 at 19.37.34 

 

CASTELO BRANCO É A DISTRITAL COM MAIS MOÇÕES A CONGRESSO

 

 

Depois de conseguir a sua maior participação de sempre num Congresso Nacional da Juventude Social Democrata, a Distrital de Castelo Branco orgulha-se com o volume e qualidade da produção política que irá apresentar já no próximo fim-de-semana na Póvoa de Varzim. Esta é mais uma prova da dinâmica e empenho que a estrutura coloca todos os dias em prol da defesa dos interesses dos jovens do nosso distrito e de Portugal.

 

São já conhecidas publicamente as 72 Propostas Políticas Sectoriais, das quais a JSD Distrital de Castelo Branco terá a seu cargo a apresentação de quatro, o que a torna a estrutura distrital com maior número de moções apresentadas à reunião magna dos jovens sociais democratas. É assim, com grande orgulho, que subimos mais este degrau na representação dos interesses dos jovens portugueses.

 

As quatro moções subscritas pela Comissão Política da JSD Distrital de Castelo Branco intitulam-se 1) Portugal Universitário 2030; 2) Floresta e Ordenamento do Território; 3) Garantir um Futuro com Saúde; e o 4) Turismo como Motor da Competitividade do Interior. Estes documentos apresentam propostas e pontos de vista sobre, respectivamente, o estado do Ensino Superior português, a preservação da floresta portuguesa, o funcionamento do Sistema Nacional de Saúde e sobre o papel do turismo como setor prioritário para o desenvolvimento do Interior. Resultam de dezenas de reuniões com instituições, entidades, conferências e estudos no âmbito do projeto político #AgoraInterior e serão discutidas presencialmente no local próprio para o efeito.

 

Além das 4 moções distritais, o Presidente da JSD Distrital de Castelo Branco, Hugo Lopes, apresenta uma Proposta de Revisão ao Estatutos Nacionais da JSD em conjunto com a Presidente da Distrital de Évora. A proposta abrange temas de fundo, desde a criação estatutária da Comissão Política Nacional Permanente, ao limiar mínimo para a constituição de Concelhias e Núcleos Residenciais até à desburocratização do processo de filiação na JSD, eliminando a figura do militante “proponente” e a possibilidade de filiação online, com a transição automática de militantes menores para maiores, em articulação permanente dos serviços da JSD e do PSD, passando também pela limitação de indicação de deputados da JSD para até aos 30 anos ou no exercício de funções em órgãos da JSD à data do ato eleitoral, impedindo atropelos à estrutura.

 

O distrito conta ainda com a apresentação de três outras moções por parte de JSD Fundão. Estas intitulam-se: 1) Repensar da Volta do Ensino Básico e Secundário; 2) Um Estatuto Fiscal para o Interior; e 3) Reforma do Ensino Português – As Escolas do Futuro.

 

 

Castelo Branco, 9 de abril de 2018,

A Comissão Política Distrital da JSD de Castelo Branco.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *