Blog

Autárquicas e 25 de Abril

No rescaldo do 25 de Abril de 2017, quarenta e três anos após a implantação da Democracia em Portugal, tivemos uma palestra na Escola Padre António de Andrade no nosso Concelho pelo então capitão Nuno Santos Silva, hoje Coronel dirigente da Associação 25 de Abril.

E lá foi dito que uma das grandes conquistas da Revolução dos cravos foi o Poder Autárquico. Sem ele hoje Portugal estava mais pobre, menos desenvolvido e mais desigual. Eu estou completamente de acordo com esta premissa.

 

Ao sair da palestra sou abordado por um munícipe oleirense que me pede para lhe proporcionar transporte entre Oleiros e outra localidade do Distrito nos horários de sexta-feira ao fim do dia com regresso Domingo à noite. Pois durante o fim de semana (48 horas) tinha arranjado trabalho, tomando conta de um idoso acamado e assim podia aumentar o seu pecúlio mensal. De referir que esta pessoa trabalha na função pública de segunda a sexta-feira. Ou seja, em vez do seu merecido descanso semanal, tem de trabalhar, tendo ainda o esforço adicional das deslocações.

Para esta pessoa como para muitos portugueses o 25 de Abril ainda não chegou. Lamentavelmente…

 

É por esta e outras razões como esta, que me recandidato às novas eleições autárquicas. Para lutar e trabalhar para que estas injustiças desapareçam do panorama Nacional.

 

Não nos acomodaremos enquanto a igualdade de oportunidades, uma das bases da Social-Democracia, não for uma realidade Nacional.

À JSD agradeço a oportunidade que me deu de dar este testemunho e dizer-lhe que espero muito dos Jotas, pois conhecendo-os bem, sei da sua generosidade e competência e sei que neles está o futuro sucesso do País que amamos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *