Blog

A Sertã e os seus cidadãos em primeiro plano

Portugal é um país que tem crescido desde há muito tempo atrás a duas velocidades. Um interior cada vez mais pobre e um litoral cada vez mais fortalecido por uma economia em constante crescimento. A Sertã é um concelho do interior, e mais do que esperar que o governo central se esforce pelos que aqui vivem, é importante que nós autarcas da região, nos esforcemos para que este paradigma se inverta. Para tal é importante uma relação de proximidade com as pessoas do concelho, saber ouvi-las e perceber quais são as suas preocupações.

Numa região em que o pinhal é uma das maiores potencialidades da economia local, deve ser nesta variável que devemos apostar. De certa forma, temos de acrescentar valor aos produtos derivados da madeira, mas também a todos os produtos que se podem gerar a partir da floresta, como é o caso do turismo, da resina, da biomassa ou até mesmo da produção da aguardente de medronho que é um produto bastante produzido no concelho. Uma vez que o conhecimento está na base do desenvolvimento, a aposta na criação de um centro de inovação e competências da floresta é um passo para desenvolver estes produtos e também para atrair e fixar jovens incentivando o empreendedorismo nesta área.

Como candidato nas próximas eleições autárquicas assumo o dever de continuar o projeto iniciado em 2009, de forma a preparar o concelho para o futuro através da sua modernização e criação de melhor qualidade de vida para os cidadãos, contando com as ideias dos jovens, que sempre tiveram um papel importante neste projeto. E daí a criação do conselho municipal de juventude que vem dar ainda mais voz aos jovens do concelho nos próximos anos.

É primordial colocar a Sertã e os seus cidadãos sempre em primeiro plano, e trabalhar a cada dia para desenvolver estratégias de crescimento para o concelho, e em prol da melhoria da qualidade de vida das nossas gentes.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *