Blog

2017, um ano de certezas e incertezas

Entrámos em 2017. Este novo ano traz com ele muitas possíveis alterações no mundo político.

 

Vinte dias depois das doze badaladas toma posse Donald Trump, como Presidente do Estados Unidos da América. Uma das maiores potências do mundo passará a ser governada por um homem, que na sua campanha deu provas de que nada será como era até este dia.

 

Mas ainda temos uma esperança, na política normalmente nunca se cumpre aquilo que se promete.

Já pelo velho continente, se o Reino Unido fizer aquilo que promete, teremos a invocação do artigo 50º do Tratado de Lisboa, logo no primeiro trimestre do ano e, assim, se inicia o processo de “divórcio” com a União Europeia.

Em Abril, a França irá a eleições e a expectativa do partido liderado por Marine Le Pen aumentou, as sondagens dão a passagem à segunda volta como garantida. Será uma luta entre direita e extrema-direita. Tudo está dependente do candidato que a direita irá apresentar.

Por Itália espera-se que se mantenha a calma, falar de eleições só num próximo ano! Já que no passado estiveram à frente de mais um episódio da cena política europeia.

 

Por cá, o ano será marcado pelas eleições autárquicas. Em 2016, começou o agitar das águas, mas com a entrada deste novo ano o processo autárquico irá avançar a grande velocidade. Os cidadãos irão às urnas em setembro/outubro de 2017 e assim poderão decidir quem irá ficar à frente do poder local, nos 308 Municípios e nas 4259 Freguesias.

Um primeiro medir de forças desde, as conturbadas, eleições legislativas de 2015.

 

Espera-se que depois de tudo o que se tem passado, Portugal tenha um bom ano, pois precisamos de certezas e não apenas de promessas!

Espera-se que a incerteza que paira no ar, traga consigo a certeza de que 2017 seja um ano mais calmo na cena política internacional e nacional.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *