Blog

Interior de Portugal: um Potencial de Futuro

Quando ouvimos falar no Interior de Portugal associamos automaticamente à desertificação e à falta de oportunidades.

Um Interior com tendência a ser visto com muitas fragilidades mas que é repleto de potencialidades. Potencialidades que não estão a ser devidamente aproveitadas. O que é preciso fazer? Valorizar os recursos endógenos dos Distritos do Interior, tendo como foco uma estratégia de competitividade que estimule os ativos económicos e sociais.

Por vermos cada vez mais jovens a saírem das suas “terras” porque não têm oportunidades, aliado ao facto da taxa de natalidade estar a diminuir, a preocupação é constante.
É preciso agir, agora! É preciso valorizar as atividades regionais competitivas, reforçar a oferta do ensino vocacional e profissional ligada ao mundo empresarial, promover o uso mais sustentável dos recursos endógenos e, principalmente, criar um ambiente de negócios que seja atrativo para o investimento privado.

A aposta na investigação é também importante para apoiarmos os setores emergentes. Por outro lado, temos que valorizar a nossa identidade cultural e patrimonial. O turismo é um bom exemplo porque se tornou num verdadeiro motor de desenvolvimento.

A adaptação destas políticas estratégicas para promover a fixação populacional nos territórios de baixa densidade é urgente! A coesão territorial tem que ser uma realidade!

O atual Governo do PS tem que ter uma estratégia definida neste âmbito, ao invés de se afirmar como defensor de oportunidades para o Interior, queremos que passe à ação!

Em suma, a visão do Interior de Portugal não pode ser pessimista! Estimular o investimento, promover a criação de emprego e garantir a fixação dos jovens são os desígnios iminentes.

*Este artigo apenas vincula a opinião do seu autor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *