Notícias

Conselho Distrital louva e congratula Comissão Política

Decorreu na passada quarta-feira, dia 26 de Maio, o III Conselho Distrital Ordinário de Castelo Branco da JSD, na sede concelhia da JSD Fundão. A reunião magna dos jovens sociais democratas contou com a presença do Presidente da Assembleia Municipal do Fundão e do Presidente da Junta de Freguesia da Capinha e serviu para analisar o primeiro ano de mandato da Comissão Política Distrital e projectar a agenda de iniciativas e bandeiras políticas para o segundo, bem como para reorganizar internamente o órgão executivo, na sequência das eleições que ocorreram no Congresso Nacional da JSD.

Os conselheiros juvenis destacaram o trabalho realizado no último ano e aprovaram, por unanimidade e aclamação, um voto de louvor e congratulação à Comissão Política Distrital, como reconhecimento pelo “patamar excelência e trabalho demonstrados, que superaram todas as expectativas”, dado que, em apenas metade do mandato, alcançaram uma taxa de execução de 80% das promessas postuladas na Moção Global com que se apresentaram a eleições.

Além do cumprimento das propostas eleitorais, o distrito viu a JSD crescer em mais de centena e meia de militantes nos últimos 11 meses. Um incremento orgânico que se estende ao número de órgãos eleitos, não só com a renovação de mandatos que ocorrerá no próximo semestre, em Castelo Branco, Sertã, Oleiros e Vila de Rei; mas, sobretudo, com o relançamento do NESD/UBI, a futura reactivação da JSD Proença-a-Nova (uma concelhia inactiva há 15 anos e que conta já com quase meia centena de jovens filiados), bem como do NESD/IPCB e das concelhias de Idanha-a-Nova e Belmonte.

Um crescimento que, nas palavras de Hugo Lopes, “é deveras gratificante, dado que percebemos rapidamente, quer a receptividade dos jovens em cada concelho, quer o reconhecimento que têm pelas acções que temos promovido”. Com efeito, durante este ano, foi aumentada a transparência, com a apresentação regular de Planos de Actividades e Relatórios de Contas em Conselhos Distritais abertos e periódicos, submetendo os eleitos ao escrutínio e crítica de todos os militantes. Foram também organizadas cinco sessões das Jornadas ‘A JSD Convida’ e visitadas 7 escolas secundárias da região, trazendo oradores nacionais e regionais para motivar os jovens para a participação política. Foram acolhidas duas reuniões de articulação política com a CPN da JSD – uma das quais contou com a apresentação de uma moção da JSD Distrital Castelo Branco para as eleições legislativas. Foi organizada uma formação Saber+, sobre a ideologia e estrutura da JSD, que contou com quase 50 jovens numa manhã de domingo. A JSD alcançou o 6.º lugar nas listas à Assembleia da República. Obrigou à apresentação de moções para a nomeação dos Gabinetes de Apoio à CPD, algo inédito. Elaborou e aprovou, pela primeira vez em 41 anos, um Regulamento que determina a organização interna da estrutura distrital. Lançou-se o desafio às concelhias ara recolherem livros e reforçaram a Rede de Bibliotecas Escolares de cada município. Foi organizado um debate sobre a igualdade de género, com duas deputadas e uma Ministra, juntando 120 pessoas e projectando o tema a mais de 20.000. Foram estabelecidas parcerias com as MSD e promovida a intergeracionalidade. Foi acolhida a campanha nacional “Somos Todos Humanos”, recolhida roupa e bens alimentares não perecíveis para apoio a refugiados. Foram promovidas reuniões com a Federação Distrital de Associações Juvenis, a AEESQ, a AEESF, a AEESFHP e as Associações Académicas da região. Foi organizada uma formação sobre Marketing Político e instituída uma nova imagem, com a renovação do logótipo, roll-ups e site – este, construído de raiz, inaugurado pelo próprio Pedro Passos Coelho e conta com um espaço de opinião que tem acolhido inúmeras personalidades nacionais, servindo para demonstrar que, até dentro de uma mesma organização, existem opiniões diversificadas sobre temáticas similares. Foi igualmente organizado um Jantar de Reis com a CPD do PSD e promovido um debate com a apresentação do livro “Os Jovens e a Política”.

Por fim, foram apresentadas três Moções ao Congresso da JSD, onde o distrito de Castelo Branco quadruplicou a sua representatividade nacional. Representatividade esta onde se inclui a eleição de uma Vice-Presidente para o Conselho de Jurisdição Nacional, um facto que a todos orgulha, mas que, não obstante, originou uma vacatura, uma vez que a Jurisdição não permite a acumulação de quaisquer outros cargos na JSD. Por conseguinte, Gisela Martins, até então Secretária-Geral, subiu a Vice-Presidente, ao mesmo tempo que Helder Antunes, que desempenha funções como Responsável Administrativo e Financeiro, foi eleito Secretário-Geral – ambos por voto secreto e nos termos estatutariamente definidos.

A equipa agora reorganizada tem pela frente mais seis meses repletos de atividades, das quais se destaca:

1. uma formação nacional sobre o Poder Local e preparação dos futuros candidatos da JSD às eleições autárquicas;

2. uma palestra com Rui Rio e Simão Ribeiro, para debater a Reforma do Sistema Político e apresentação da proposta da JSD sobre o mesmo tempo;

3. um Fórum de Ensino Superior, que se pretende ser associado a outras organizações e que contará com a presença dos Presidentes das Associações Académicas da UBI, Guarda e Castelo Branco, bem como dos Reitores e Presidentes das mesmas instituições, sendo ainda convidado o Ministro do Ensino Superior;

4. um Encontro Associativo Distrital, em moldes de team building, em Vila de Rei;

5. uma Academia de Debate Competitivo, no Fundão;

6. umas Jornadas Europeias, na Sertã, com Eurodeputados, ex-governantes e membros de órgãos comunitários;

7. uma Gala Solidária de Natal, para recolha de alimentos a entregar a instituições de solidariedade social;

8. uma Volta Distrital do Ensino Secundário, para aproximar os jovens da política;

9. uma Recepção aos Caloiros do Ensino Superior, entregando material que lhes poderá ser útil nesta fase importante da sua vida;

10. uma Visita ao Parlamento Europeu, entre Setembro a Novembro, que levará quase duas dezenas de jovens beirões a conhecerem a casa da democracia europeia e contactarem com os Eurodeputados do PSD.

Por fim, e além das actividades, os conselheiros da JSD Distrital Castelo Branco debateram, nesta assembleia, bandeiras como: a reforma do sistema eleitoral; a reorganização da rede de ensino superior na região; a quebra do acordo de financiamento a instituições de ensino particular e cooperativo; o encerramento da Central Nuclear de Almaraz; a legalização da prostituição e da eutanásia; e, por fim, o futuro do distrito nas próximas eleições autárquicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *