Notícias

“A JSD Convida”, em Alcains

Após o sucesso da primeira edição das Jornadas ”A JSD Convida”, realizadas em Belmonte, a iniciativa repetiu-se, desta vez em Alcains – no Agrupamento de Escolas José Sanches e São Vicente da Beira – e teve como oradora convidada a jovem advogada e autarca albicastrense Ana Rita Calmeiro.

A JSD Distrital de Castelo Branco está a promover estas visitas às escolas de todo o Distrito, com o intuito de levar a política aos jovens, fazendo-os perceber a importância da sua própria participação ativa no dia-a-dia da sua Comunidade.

Durante o evento, Ana Rita Calmeiro, salientou que “a participação ativa na política, desde cedo, pode fazer-nos mudar muita coisa que achamos estar mal. Não há coisas perfeitas, mas se nos interessarmos podemos construir um país melhor e mais perto da perfeição. Só depende de nós”.

Cristiano Gaspar, Vice-Presidente da JSD Distrital de Castelo Branco, tomou ainda a palavra, dizendo que “Como o nosso Presidente salientou na Abertura das Jornadas, a participação não tem que ser feita numa juventude partidária: pode ser numa associação juvenil; pode ser numa escola; pode ser em casa; pode ser feita em qualquer sítio. O importante é seguirmos o nosso coração e trabalharmos para mudar aquilo que está errado.”

Esta 2ª Edição das Jornadas ”A JSD Convida” contou com a participação de mais de 80 jovens, de várias idades, que tiveram oportunidade de ver esclarecidas as suas dúvidas e de debater assuntos de importância suma, dando origem a discussões que envolveram o auditório e todos os presentes. A política foi aqui pensada, dos mais jovens aos menos jovens.

No final, o representante da Direção do Agrupamento, César Louro, frisou que “Vi aqui muito interesse por parte dos jovens, que estiveram muito participativos. Espero que que esta iniciativa sirva de impulso para outras semelhantes, com este evento os estudantes perceberam que não é preciso estar num partido para fazer política. Espero que eles participem, seja de que forma for. Obrigado à JSD por não se ter esquecido dos jovens”.

Os Jovens são o futuro mas, com estas Jornadas, provou-se, mais uma vez, que os jovens fazem parte também do presente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *